Montar Um Pet Shop

Como montar um pet shop sem complicações?

Montar um pet shop pode ser, além de um negócio muito lucrativo, muito prazeroso! Afinal, é muito satisfatório cuidar do bem-estar de animais e lidar com quem pensa de maneira semelhante, ou seja: os donos de pets. Se você pensa assim, está cursando medicina veterinária, conhece alguém do ramo ou fez uma pesquisou e descobriu as muitas possibilidades desse tipo de negócio, leia este post e descubra como montar um pet shop de maneira simples!

Elabore um plano de negócios

Ao abrir qualquer negócio — e um pet shop não é exceção — a etapa essencial é elaborar um plano de negócios. Ele será fundamental para você saber direitinho o que fazer em cada momento do empreendimento e enxergar o caminho que sua empresa deverá seguir até o crescimento. Dessa maneira, você manterá o foco e não se perderá ao longo do caminho.

Mais uma dica valiosa: adotar um aplicativo de gestão especialmente pensado para seu pet shop será um diferencial e tanto na vida do seu novo negócio!

Escolha o ponto comercial

Essa é uma decisão essencial, pois o ponto é em grande parte responsável pelo sucesso do negócio. Claro, sua loja deverá estar em um lugar movimentado, em evidência para os passantes.

Mas, por se tratar de um lugar no qual as pessoas irão com seus animaizinhos, ao escolher o melhor endereço possível para o seu comércio, fique atento à tranquilidade que ele passará aos clientes.

Se você pretende prestar serviços, como banho e tosa, prestar atenção a isso se torna mais importante ainda, já que os animais ficarão algum tempo no seu estabelecimento. E dono nenhum deixará seu bicho em um lugar no qual ele acabe se assustando por causa de barulhos intensos ou agitação excessiva.

Outro aspecto fundamental da questão está relacionado ao tipo de edificações que há em volta do ponto comercial no qual você vai montar um pet shop. Prefira um lugar repleto de edifícios a um só com casas: quem mora em apartamento tem mais dificuldade para prestar os cuidados de higiene ao animal, recorrendo mais vezes aos serviços dos pet shops.

Pet shops: variedade é a chave para o crescimento

Pensar na ampla gama de produtos que podem ser comercializados em um pet shop é um incentivo a entrar no ramo de cabeça. Os pet shops têm condições de vender muito além de ração para cachorro: há no mercado diversos produtos pensados para os animais — todos com muita procura, pois quem tem um pet costuma enxergá-lo quase que como a uma criança!

Sendo assim, definir quais produtos estarão na sua loja é um passo a mais para você se decidir. Pois, de acordo com o que oferecerá à clientela, precisará adequar o espaço no qual funcionará o pet shop.

Autorizações necessárias para montar um pet shop

Para montar um pet shop com toda tranquilidade, você precisará da permissão da prefeitura municipal, que é quem fiscaliza a abertura e o funcionamento desse tipo de comércio. Além disso, será necessário conseguir registro junto ao ministério da agricultura e à vigilância sanitária. Se você for comercializar animais silvestres, terá que procurar o Ibama também, para obter autorização específica.

Em um país no qual o mercado de serviços e produtos para pets já movimenta mais de R$16 bilhões e vem crescendo cada vez mais, montar um pet shop tem tudo para dar certo! E o melhor de tudo: sempre há espaço para “mais um” nesse promissor setor.

Gostou do post? Comente!

 

Fonte: Guia Empreendedor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *