6 dicas para superar os desafios de Gestão de Custos em Pet Shops

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O número de pet shops vem aumentando consideravelmente nos últimos anos, tornando a concorrência cada vez mais acirrada. Uma das formas de superar essa concorrência é através da gestão de custos em pet shops, mantendo o estabelecimento com total controle sobre as finanças, estoques e custos, garantindo uma boa margem de lucro, ao mesmo tempo em que se pode trabalhar com preços competitivos, atraindo mais clientes.

Essa condição é essencial, principalmente em momentos como o atual, quando a economia ainda não acertou novamente os trilhos. Para conseguir atrair o maior número de clientes, o empresário deve manter a qualidade dos seus produtos, ao mesmo tempo em que minimiza seus custos.

A gestão de custos em pet shop deve ser feita a partir de um cuidadoso planejamento financeiro, tendo definidos todos os valores investidos e mantendo controle sobre entradas e saídas, projeção de fluxo de caixa e racionalização dos custos do empreendimento, principalmente quando a empresa também atua na área de serviços.

Quando a gestão de custos em pet shops é relacionada apenas com a comercialização de produtos voltados para os animais de estimação, o controle se torna mais prático. No entanto, ao se oferecer também serviços, além de o empresário precisar de maiores investimentos, deve ainda manter maior controle sobre o que ocorre em sua empresa.

Desta forma, é necessário definir formas de deter o controle de produtos, insumos e serviços, além, naturalmente, os custos normais para a manutenção da empresa, como energia, aluguel, água, folha de pagamento e outros.

O detalhamento das despesas, com seu lançamento correto pode oferecer o conhecimento completo sobre a movimentação da empresa, não se esquecendo de que a gestão de custos de um pet shop vai exigir conhecimento especializado, destinado a manter os lançamentos em suas contas específicas.

Para a gestão de custos de um pet shop, o empresário deve buscar o apoio de uma assessoria contábil especializada em contabilidade para pet shop, tendo, assim, a orientação em todas as suas necessidades, principalmente com relação ao regime tributário e ao sistema de recolhimento de impostos escolhido.

Além disso tudo, o empresário deve ainda ter especial atenção com relação à equipe de trabalho, com pessoas bem treinadas e devidamente orientadas para oferecer o melhor atendimento, oferecendo as melhores condições para que o estabelecimento possa fidelizar os clientes.

A gestão de custos em pet shop, portanto, exige a visão global do empresário, sem deixar de lado todo o controle financeiro, possibilitando que a empresa tenha condições de crescimento e se tornando uma referência no mercado.

Veja, a seguir, algumas recomendações especiais para a gestão de custos em pet shop:

        1-Gestão de custos em pet shop: controle das contas

A gestão de custos em pet shop exige a implantação de um sistema informatizado, permitindo o total controle das contas a pagar e a receber, mantendo o planejamento dos investimentos e o controle de entrada e saída de capital para o pagamento das despesas exigidas para funcionamento da empresa.

Mantendo todos os controles, o empresário poderá controlar o seu planejamento financeiro, fazendo toda a previsão de pagamento e tomando as ações necessárias para garantir a pontualidade dos seus compromissos.

        2-Gestão de custos em pet shop: mantendo custos por área

Para tomar as decisões mais acertadas na gestão de custos em pet shop é importante manter o controle dos custos por área. Um bom sistema de gestão irá consolidar os dados automaticamente, ajudando, através de relatórios detalhados, conhecer melhor onde está sendo aplicado o dinheiro e o retorno que está sendo conseguido.

         3-Gestão de custos em pet shop: otimizando o tempo

Na gestão de custos em pet shop, como em outras empresas, a informatização irá permitir otimizar o tempo com relação aos cálculos. Um bom sistema de gestão permitirá rapidez e precisão nos resultados, sobrando mais tempo para dedicar-se a atividades que realmente tragam resultados e possibilitando tomar as decisões mais adequadas em cada momento.

        4-Gestão de custos em pet shop: controle de estoques

A manutenção do controle de estoques é de fundamental importância para a gestão de custos em um pet shop, permitindo saber o que deve ser    comprado, os itens que estão tendo menor ou maior movimentação, o giro de mercadorias e, principalmente, a validade dos produtos.

        5-Gestão de custos em pet shop: conhecendo os clientes

Depois de ter todo o controle preparado para a gestão de custos em um pet shop, tanto o empresário quanto sua equipe de colaboradores terá mais tempo e condições para conhecer melhor o cliente e suas preferências.

Assim, a empresa terá melhor reconhecimento no mercado, maior movimentação em seus itens comercializados e, em consequência, maior qualidade no fornecimento, garantindo a fidelização de seus clientes.

Até a próxima!

Insira seu e-mail para receber nossos artigos

Alerta sobre DECORE

Conforme amplamente divulgado pelo Conselho Federal de Contabilidade, quadrilhas especializadas tem oferecido crédito e indicando uma pessoa que supostamente trabalha em uma contabilidade para emitir a DECORE. O Grupo Attentive alerta que não fornece DECORE a não clientes e adverte que ninguém está autorizado a oferecer ou fornecer tal declaração em nome do grupo, não se
responsabilizando por qualquer prejuízo. Em caso de
dúvida, solicitamos que entre em contato conosco
por nossos canais oficiais de atendimento.