Entenda como funciona a Tributação para Pet Shop

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Antes de montar qualquer empreendimento, o empresário deve pensar no regime tributário a ser adotado, certificando-se de que tudo está sendo feito de acordo com a legislação. A tributação para pet shop, por exemplo, envolve um grande número de impostos e, ao deixar para saber quais são depois de ter a empresa aberta, o empresário poderá ter algumas surpresas desagradáveis.

O planejamento tributário precisa ser feito antes de qualquer outra atividade, sendo essencial para que o empresário possa ter uma previsão de resultados futuros.

contabilidade-para-pet

A tributação para pet shop e o planejamento tributário vão exigir do empresário o acompanhamento de um escritório contábil especializado em contabilidade para pet shop, que possa direcionar a empresa para a melhor forma de se tornar legal perante os órgãos fiscalizadores.

Tipos de tributação para pet shop

A legislação brasileira prevê pelo menos quatro modelos de regime tributários – MEI, Simples Nacional, Lucro Presumido, Lucro Real. Alguns dos tipos de tributação podem ser aplicados em casos específicos, enquanto que outros devem ser avaliados para que a empresa não tenha uma carga tributária mais pesada. A tributação para pet shop permite escolher os seguintes modelos de regimes tributários:

         1-Microempreendedor individual – MEI

Caso o faturamento da empresa seja de até 60 mil reais, em 2017, e de até 81 mil reais, em 2018, o pet shop poderá ser implantado como MEI, desde que não haja sócios. Escolhendo a tributação para pet shop como Microempreendedor Individual, o empresário irá pagar todos os impostos através de uma única guia. Contudo, é preciso atenção, já que não poderá ter mais de um funcionário registrado.

LEIA TAMBÉM:  PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA PET SHOP – É POSSÍVEL IMPOSTOS SEM DIFICULDADE?

         2-Simples Nacional

No sistema de tributação para pet shop através do Simples Nacional, o empresário irá pagar 8 impostos (federais, estaduais e municipais) em apenas uma guia. As alíquotas podem variar de acordo com a atividade, aumentando de acordo com o faturamento.

Em 2017, o limite máximo de faturamento para o Simples é de R$ 3,6 milhões, devendo passar para R$ 4,8 milhões em 2018. Contudo, também haverá algumas alterações com relação às alíquotas e o regime deve ser analisado antes de ser escolhido.

         3-Lucro Presumido

Na tributação para pet shop através do Lucro Presumido os impostos são calculados sobre uma base de cálculo para o lucro, incidindo sobre ela todas as alíquotas. Pode ser uma opção vantajosa, já que a base é definida de forma fixa, não dependendo do faturamento. No entanto, o Lucro Presumido só é vantajoso quanto o pet shop apresenta um lucro maior do que 32% da receita bruta.

          4-Lucro Real

O Lucro Real é obrigatório para todas as empresas que faturem mais de R$ 48 milhões anuais, podendo, no entanto, ser adotado por qualquer empresa. No caso de o Simples Nacional não ser uma boa opção para a tributação para pet shop, não sendo também vantajoso o Lucro Presumido, a empresa pode optar pelo Lucro Real, devendo fazer a contabilidade geral e calculando os impostos sobre os resultados.

abertura-de-empresa-attentive

 

Impostos a serem pagos na tributação para pet shop

A tributação para pet shop é praticamente a mesma de qualquer outro modelo de empresa, havendo também alguns específicos para a atividade de prestação de serviços. Os impostos incluem os seguintes:

  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido;
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social;
  • Instituto Nacional do Seguro Social;
  • Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza;
  • Fundo de Garantia por Tempo de Serviço;
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços;
  • Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos;
  • Contribuição Sindical Patronal;
  • Emissão de Nota Fiscal.

Com tantos impostos, a tributação para pet shop exige um planejamento tributário bem detalhado, levando em consideração o faturamento da empresa e as alíquotas específicas para cada caso.

O empresário deve contar com o apoio de uma assessoria contábil, especializada em contabilidade para pet shop fazer esse planejamento, contando, ainda, com a tecnologia para simplificar o processo. A quantidade de cálculos e números a ser trabalhada todos os meses para cumprir com as regras da legislação e de atender os novos sistemas do eSocial exigem grande cuidado, uma vez que os dados devem ser corretos, havendo multa para quem não cumprir com todas as exigências.

LEIA TAMBÉM:  Como a contabilidade para pet shop pode ajudar seu negócio?

Com um sistema informatizado, a tributação para pet shop se tornará mais simples e mais rápidas, permitindo manter total controle sobre as entradas e saídas de valores da empresa, bem como o conhecimento real da lucratividade da empresa.

Documentos como a Nota Fiscal Eletrônica também ajudam o empresário a organizar todas as informações para prestar contas ao Fisco de forma mais rápida, poupando o tempo para as atividades mais importantes, que não podem ser automatizadas.

O planejamento para a tributação de um pet shop deve ser feito de forma criteriosa, evitando qualquer problema fiscal. Nesse caso, o apoio e assessoria de um contador especializado será de grande ajuda para o empresário.


E você, já fez um planejamento tributário adequado para o seu pet shop? Entende tudo sobre a tributação para pet shop e esta por dentro de todas as alterações de limites para 2018?

Se precisar de auxílio com estes e outros assuntos referente ao seu pet shop, venha tomar um café conosco. Estamos esperando por você, pois, com certeza podemos lhe ajudar!

Muito sucesso e até a próxima!

Insira seu e-mail para receber nossos artigos

Alerta sobre DECORE

Conforme amplamente divulgado pelo Conselho Federal de Contabilidade, quadrilhas especializadas tem oferecido crédito e indicando uma pessoa que supostamente trabalha em uma contabilidade para emitir a DECORE. O Grupo Attentive alerta que não fornece DECORE a não clientes e adverte que ninguém está autorizado a oferecer ou fornecer tal declaração em nome do grupo, não se
responsabilizando por qualquer prejuízo. Em caso de
dúvida, solicitamos que entre em contato conosco
por nossos canais oficiais de atendimento.