Um ponto esquecido, mas fundamental para o sucesso da franquia

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

São Paulo – Se você está pesquisando franquias para investir, já pensou em perguntar ao franqueador qual é o propósito da marca dele? Se não pensou, deveria. De acordo com a consultora especialista em franquias Cláudia Bittencourt, esse é um ponto fundamental para o sucesso de marcas que atuam no modelo de franquias.

Tão importante que a consultoria Bittencourt decidiu fazer uma pesquisa com cem redes para saber como essas marcas definem o seu propósito e como isso é percebido pelos franqueados associados. A pesquisa dará origem ao Top 25, lista das melhores franquias de acordo com esse quesito, que será divulgada daqui duas semanas.

Mas afinal, o que devemos entender por propósito, e por que afinal ele é tão importante assim para uma marca?

“ O propósito traz a essência da empresa, o motivo pelo qual ela existe, que vai além de gerar resultados. Quando decidimos expandir por franquias, esse propósito precisa estar muito claro  para que os franqueados entrem sabendo qual é esse propósito, e assim se engajem e transmitam isso na ponta com os clientes”, explica Cláudia Bittecourt.

EXAME conversou com a especialista para entender um pouco mais sobre o tema. Leia abaixo:

Qual a importância de uma rede de franquias focar em propósito?

O propósito não tem a ver com o produto, tem a ver com a razão de ser da marca. Uma pergunta básica que se faz nessa pesquisa foi: Que falta ela faria na humanidade, se deixasse de existir? É algo mais amplo do que produto, qualidade, missão, visão e valores, é algo que mexe com a vida das pessoas.

E a franquia coloca sua marca nas mãos de terceiros. Por isso, é importante que vá o conjunto completo: propósito, valores, produtos. Imagine o Boticário, que tem 3 mil franqueados, se a marca não tem claro o seu propósito, cada um na ponta pode agir de uma forma diferente contrariando o que os donos da marca criaram lá no início.

E esse propósito não é um discurso, é uma prática que o franqueador precisa ter no dia a dia para dar o exemplo.

Como isso deve ser considerado pelo empreendedor que busca uma franquia para investir?

E a nova geração está muito em busca disso, quer saber o que tem por traz das emrpesas, que objetivo maior ela tem além de ter lucro, é geração informada, conetada, ao que estfaz diferença no mundo e na vida das pessoas, é iportante pras empresas e pra franquias muito mais.

Ele deve perguntar, deve conhecer a essência da empresa, perguntar de forma clara mesmo. Nessa pesquisa vimos que existem empresas que têm um propósito, mas não estão sabendo traduzir isso para o mercado. E a nova geração está muito em busca disso, quer saber o que tem por trás das empresas, que objetivo maior elas tem além de ter lucro.

Ele deve conversar com o franqueador e, se o negócio for bom, mas não tiver um propósito definido, o empreendedor pode propor para a marca fazer essa definição.

A gente sabe que muitas vezes o candidato olha mais para o preço da franquia do que para detalhes como esses. O que vale mais a pena: investir numa franquia que se possa pagar, mas que não tenha uma estrutura como essa, ou se endividar para poder pagar uma franquia mais estruturada?

Ter propósito não significa que a franquia é mais cara. Tem a ver com uma empresa que se sustenta mais ao longo do tempo, porque ela tem um norte, um rumo claro definido. Acho que jamais o candidato deve entrar no negócio pelo preço, nem a franqueadora deve vender a franquia só porque aquele empreendedor pode pagar, mesmo que não tenha as características necessárias para manter o negócio, como honestidade e proatividade.

Também não vale a pena se endividar. É melhor aguardar mais, pesquisar mais, até encontrar algo que caiba no bolso, tenha esse conjunto e que se sustente no mercado. Não vale entrar em qualquer empresa. É um dinheiro que a pessoa economizou a vida inteira, que vai sustentar a família dela, então tem que ir com muito cuidado.

Ser franqueado é para qualquer um que queira empreender?

A franquia é pra qualquer pessoa que queira empreender. Mas hoje as franquias estão muito atentas em colocar na rede franqueados que tenham capacidade financeira e o perfil para operar o negócio. Tem franquia para todo tipo de franqueado. Nem a franquia  nem o franqueado deve ter pressa, fazer algo sem segurança.

Fonte: Exame

Insira seu e-mail para receber nossos artigos

Alerta sobre DECORE

Conforme amplamente divulgado pelo Conselho Federal de Contabilidade, quadrilhas especializadas tem oferecido crédito e indicando uma pessoa que supostamente trabalha em uma contabilidade para emitir a DECORE. O Grupo Attentive alerta que não fornece DECORE a não clientes e adverte que ninguém está autorizado a oferecer ou fornecer tal declaração em nome do grupo, não se
responsabilizando por qualquer prejuízo. Em caso de
dúvida, solicitamos que entre em contato conosco
por nossos canais oficiais de atendimento.