Qual o melhor regime tributário para engenharia civil? Aprenda agora!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Entre as 3 opções possíveis no Brasil, será que você já sabe qual o melhor regime tributário para engenharia civil? Descubra agora!

Saber qual o melhor regime tributário para engenharia civil é imprescindível para o engenheiro empreendedor, que deseja alcançar o sucesso com o seu negócio. Mas, não é uma tarefa fácil, e muitos engenheiros sobem pelas paredes quando o assunto é escolher o melhor regime de tributação.

Hoje é o dia disso terminar, pelo menos para você! É hora de saber como reduzir os custos do seu negócio e aumentar os seus lucros.

Então, vamos lá! Nós, da Attentive Smart, ajudaremos você a alcançar seus objetivos.

Uma breve introdução do que falaremos aqui

Construir sonhos depende de muita técnica, anos de estudo e experiência. Acreditamos que você já tenha tudo isso, mas mesmo assim, saiba que tudo isso pode ser irrelevante quando o assunto é economizar. Isso porque a situação econômica e tributária do Brasil não costuma favorecer empresários, e qualquer deslize pode colocar sua empresa em maus lençóis.

Não é incomum que empresários se sintam acuados por conta da quantidade de impostos que pagam, e é mais comum ainda encontrar donos de empresas que pagam impostos a maior, desnecessariamente, se me permite dizer.

É claro que a Receita Federal não emitirá um aviso a você, como “ei, estou devolvendo os impostos que você pagou a mais nos últimos anos, somos amigos, tá?”

Pelo contrário… Se você paga algo a menos, será notificado, mas se paga a mais, está tudo bem… Para eles.

Por isso, hoje vamos desvendar os mistérios sobre qual o melhor regime tributário para engenharia civil e como um planejamento tributário pode ser extremamente útil para evitar surpresas desagradáveis e economizar dinheiro.

Chega de papo, vamos às dicas!

Escolhendo o melhor regime tributário para sua empresa de engenharia civil

Primeiro: saiba que não é fácil escolher o regime tributário mais adequado à sua realidade como empresa. Existem várias peculiaridades que influenciam na escolha e que podem ser radicalmente diferentes entre uma empresa e outra. Falaremos mais disso a seguir. Agora, conheça os 3 regimes tributários vigentes no Brasil:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido e
  • Lucro Real.

O que influencia na escolha do melhor regime tributário para engenharia civil?

É agora que o bicho pega. Veja só os fatores que influenciam na escolha:

  • O porte da sua empresa;
  • O faturamento do seu negócio;
  • O objetivo e atividade-fim desenvolvida pela sua empresa;
  • A quantidade de funcionários que você possui.

“E agora? Como eu vou saber qual é o melhor regime tributário?” – Você me pergunta…

Calma. Existe uma solução – NÃO FAÇA ISSO POR CONTA PRÓPRIA! Busque um contador especializado na contabilidade para engenheiros, pois a contabilidade pode te ajudar a encontrar o melhor caminho para colocar sua empresa em pleno equilíbrio e economizar de verdade!

E agora? Quando um regime tributário é bom para o meu negócio?

Para saber qual o melhor regime tributário para engenharia civil, é preciso entender se a sua empresa cumpre alguns requisitos fundamentais.

Veja só:

Lucro Real para Engenheiros

Quando o Lucro Real para Engenheiros é vantajoso?

  • Quando a margem de lucro da sua empresa for reduzida ou apresentar algum prejuízo;
  • Quando suas despesas fixas e operacionais existirem em grande quantidade, visto que isso dará direito a créditos não cumulativos para impostos PIS/COFINS.

Quando é OBRIGATÓRIO?

Se o seu faturamento anual for acima de R$78 milhões, você estará obrigado a ser enquadrado no Lucro Real.

Lucro Presumido para Engenheiros

Aqui, os impostos federais são apurados com base em uma margem de lucro que já é pré-fixada pela lei. Por isso, acaba sendo mais simples apurar impostos como a CSLL e o Imposto de Renda para Pessoas Jurídicas.

Quando o Lucro Presumido para Engenheiros é vantajoso?

    • Quando o seu lucro for maior do que a margem de lucro que foi presumida;
    • Quando os custos operacionais forem baixos;
    • Quando você tiver baixo custo com a folha de pagamento.

E quando não é vantajoso?

  • Quando o seu lucro real for MENOR do que o que foi presumido, visto que a margem de presunção é a base para a apuração de impostos.

Simples Nacional para Engenheiros

Quando o Simples Nacional é vantajoso?

  • Quase sempre, a menos que o seu negócio esteja sujeito ao FATOR R. Nesse caso, ainda será possível optar pelo regime tributário e aproveitar as suas vantagens, se os custos com a folha de pagamento corresponderem a 28% ou mais do faturamento. Abaixo disso, as alíquotas são maiores.

E então? Qual o melhor regime tributário para engenharia civil?

A conclusão é que é impossível dizer, sem uma análise aprofundada, qual o melhor regime tributário para engenharia civil. Entre os 3 disponíveis, é preciso avaliar os aspectos que já mencionamos e entender a situação da empresa e as possibilidades. Na dúvida, consulte um contador especializado em contabilidade para engenheiros, ele te ajudará com um planejamento tributário sólido, pensado especialmente para a sua empresa!

Insira seu e-mail para receber nossos artigos

Alerta sobre DECORE

Conforme amplamente divulgado pelo Conselho Federal de Contabilidade, quadrilhas especializadas tem oferecido crédito e indicando uma pessoa que supostamente trabalha em uma contabilidade para emitir a DECORE. O Grupo Attentive alerta que não fornece DECORE a não clientes e adverte que ninguém está autorizado a oferecer ou fornecer tal declaração em nome do grupo, não se
responsabilizando por qualquer prejuízo. Em caso de
dúvida, solicitamos que entre em contato conosco
por nossos canais oficiais de atendimento.