Royalties de Franquia – O que são e como defini-los?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Uma franquia de sucesso tem que ser emocionante e lógica para o franqueado… sem isso, é só mais uma franquia qualquer!

Portanto, no artigo de hoje, entenda como definir os royalties da sua franquia com sucesso para que você lucre – e tenha afiliados satisfeitos!

O segredo por trás das franquias está em:

Descobrir o caminho do ouro e revelá-lo a quem mais tiver interesse – por um preço justo, é claro!

Contudo, para chegar à fonte das riquezas, existe um caminho cheio de pedras, barro e muito suor…

Desse modo, esse “preço justo” tem que fazer sentido para você, no final das contas.

Sendo assim é fácil simplesmente pensar – de maneira bem resumida:

“Eu tive X de custo com a formação do meu modelo de negócio, espero ter X afiliados, então vou cobrar um royalty de tanto e uma taxa de franquia de tanto!”

Bom, é lógica…

Mas será que você evidenciou todos os custos necessários?

Será que o valor final não poderia ser melhor trabalhado ou então reduzido para a atração de mais afiliados?

Bom, é respondendo perguntas como essas que preparamos o artigo de hoje…

Mas, antes, vamos entender o que são royalties e taxa de franquia e como transformar esses números em uma oferta lógica e irresistível aos seus futuros franqueados.

O que são royalties de franquia?

Os royalties são um valor cobrado pelo detentor de uma marca, produto ou direito sobre a utilização do mesmo por outro franqueado. Esse valor é determinado por um contrato e tem validade legal perante à lei nº 13.966, de  26 de dezembro de 2019.

Sendo assim, os royalties são cobrados de maneira contínua – isto é, enquanto o franqueado fizer uso da marca e receber suporte do franqueador.

Já a taxa de franquia…

A taxa de franquia é um valor cobrado de maneira única para a aquisição da franquia, que também pode ser acordado em contrato.

Transformando emoções em lógica

Portanto, identificado e diferenciado o royalty da taxa de franquia, chega o momento de saber como calculado…

Desse modo, é preciso saber separar muito bem preço de valor – veja só…

Por preço, entendemos a quantia que o franqueado irá pagar para ter direito ao uso do modelo de negócio e do suporte do franqueador.

Agora, como valor, entendemos a quantia que o franqueado está DISPOSTO a pagar para fazer uso da sua marca…

E isso tem muito a ver com a maneira como você promove o seu marketing…

Assim, a fórmula para o sucesso é feita da seguinte forma:

Gere muito valor para sua marca e ofereça uma taxa de royalty lógica – compatível com o valor gerado – aos seus clientes!

“Mas como fazer isso virar números concretos?”

Simples, apenas levante os gastos com promoção da marca e some ao custo de operação do seu suporte, assim, com a sua projeção do mercado já possível ter uma previsão do valor a ser cobrado.

Mas dá para otimizar ainda mais! – E é aqui que nós entramos!

Com uma análise minuciosa de todo o seu modelo de negócios, podemos reduzir sua carga tributária, otimizar a sua gestão financeira – trabalhando com um fluxo de caixa projetado -, evitar multas e pagamentos desnecessários e garantir a conformidade necessária para que seu único foco seja o sucesso!

Portanto, não perca mais tempo, acesse esta página agora mesmo e tenha o suporte de especialistas em franquias: Contabilidade para Franquias.

Insira seu e-mail para receber nossos artigos

Alerta sobre DECORE

Conforme amplamente divulgado pelo Conselho Federal de Contabilidade, quadrilhas especializadas tem oferecido crédito e indicando uma pessoa que supostamente trabalha em uma contabilidade para emitir a DECORE. O Grupo Attentive alerta que não fornece DECORE a não clientes e adverte que ninguém está autorizado a oferecer ou fornecer tal declaração em nome do grupo, não se
responsabilizando por qualquer prejuízo. Em caso de
dúvida, solicitamos que entre em contato conosco
por nossos canais oficiais de atendimento.