Auditoria Fiscal Eletrônica

O fechamento fiscal deve acontecer no prazo, mas fazer isso acontecer pode ser um desafio e tanto para empresas, sejam elas recém-formadas ou já atuantes no mercado há algum tempo. E, inclusive, negligenciar a auditoria fiscal eletrônica traz riscos consideráveis para o negócio!

O que é a auditoria fiscal eletrônica, afinal?

A auditoria fiscal eletrônica é um procedimento que deve ser realizado por todas as empresas que efetuam a escrituração de notas fiscais e conhecimentos de transporte, independentemente do seu porte!

Formas de auditoria – mensal e diária

Uma das grandes dúvidas do empresário se dá por conta das formas de auditoria fiscal eletrônica, que pode acontecer em regime mensal ou diária.

A auditoria mensal funciona da seguinte forma: a empresa deve realizar a validação dos arquivos que serão enviados ao Fisco, e isso inclui as obrigações acessórias e federais. Portanto, são auditados os arquivos a serem enviados e, em caso de inconsistências, os dados são corrigidos e comparados com as obrigações, o que precede o envio para o Fisco.

Essas obrigações incluem:

  • ECD;
  • DIRF;
  • EFD ICMS e IPI;
  • GIAs;
  • ECF;
  • EFD Contribuições;
  • DCTF

Enquanto a auditoria mensal dá mais trabalho para a conferência, a diária trabalha em correções em “tempo real”, o que agiliza o envio das informações ao Fisco. Através da Auditoria Diária/Recorrente, a empresa automatiza o processo de conferência dos documentos escriturados/faturados, evidenciando no dia a dia os fatos ocorridos na escrituração fiscal. O que possibilita ações corretivas previamente à entrega dos arquivos ao Fisco.

Um dos grandes benefícios desse regime de auditoria fiscal eletrônica é o processo de automatização e a identificação de créditos no fechamento mensal.

O que acontece quando não há auditoria?

Não realizar a auditoria fiscal eletrônica significa correr riscos de autuação por conta de erros na escrituração ou de falta de informação. É uma pendência séria com o Fisco e deve ser cumprida de forma correta. Além disso, os valores não são conferidos, o que basicamente significa que você pode estar perdendo dinheiro!

Isso sem contar que a imagem da sua empresa é prejudicada diante do Fisco.

Deseja falar sobre Auditoria Fiscal Eletrônica?

Veja Também
Como Lidar Com A Tributação No Pós-pandemia?

Como lidar com a tributação no pós-pandemia?

Tributação: Veja como preparar sua empresa para o pós-pandemia
Especialista orienta empresários a se prepararem para o pós-pandemia e minimizar os reflexos da crise.

Modelos De Trabalho Para Agências Publicitárias – Como Funcionam?

Modelos de trabalho para agências publicitárias - Como funcionam?

Entenda quais são as novas tendências de modelos de trabalho para agências de publicidade e como eles funcionam! Saiba como são e quais as possíveis mudanças nos modelos de trabalho de agências publicitárias …

LGPD: A Não Adequação Pode Gerar Sérias Consequências!

LGPD: a não adequação pode gerar sérias consequências!

A LGPD é a lei nº 13.709, aprovada em agosto de 2018 e com vigência desde agosto de 2020. Para entendermos um pouco mais precisamos saber que a lei visa criar um cenário de segurança jurídica, definindo diretrizes de padronização, normas e boas práticas, para assegurar a proteção aos dados pessoais dos cidadão em todo Brasil.