Planejamento Tributário

Quero fazer o Planejamento Tributário de minha empresa. O que preciso saber?

Todo empreendedor bem sabe que para crescer e expandir é preciso saber investir bem e economizar em algumas áreas. O grande entrave muitas vezes está associada aos altos custos tributários, e por isso a realização de planejamento tributário se torna tão essencial.

O que é planejamento tributário?

O planejamento tributário é um plano que envolve ações a fim de aproveitar-se de todas as isenções, deduções, créditos e abatimentos no pagamento de impostos previstos pela Lei.

Toda empresa deveria ter um bom planejamento tributário para maximizar seu fluxo de caixa e minimizar a saída de recursos financeiros pois, como bem sabemos, quanto mais se reduz custos, mais se aumenta a rentabilidade financeira de um negócio.

Veja bem, o empresário tem direito a estruturar o negócio de forma que tenha condições de reduzir seus custos e melhorar outros pontos estratégicos que dependem de recursos financeiros e que precisam de atenção total para o sucesso absoluto do empreendimento.

O Sistema Tributário

O principal desafio dos empreendedores brasileiros gira em torno de um assunto: Sistema Tributário.

Para muitos, compreender todas as regras tributárias impostas pela legislação e ainda ter que fazer um planejamento tributário e assim melhorar a estratégia da empresa, envolve muito preparo e conhecimento, por isso acabam deixando este tão relevante fator estratégico de lado.  Porém quando se leva este assunto a sério e se aplica a prática de planejar tributos, obtém-se uma redução significativa da carga tributária a que a empresa está sujeita, o que pode ser um fator essencial para a sobrevivência das organizações.

Muitas empresas por conta da correria, acabam fazendo apenas um planejamento tributário ineficiente, pois atuam com base em informações muito superficiais, com o agravante de análises feitas por profissionais não especializados na área de tributos.

Então, “O que fazer , para elaborar um planejamento tributário eficaz e bem-sucedido?

Apoio de profissionais competentes

A empresa deve reunir todos os profissionais competentes nas áreas:  tributária, jurídica e contábil, de forma que seja possível formar um bom conselho fiscal. Esse conselho pode inclusive se reunir através dos muitos recursos online disponíveis para avaliar a situação fiscal e legal da empresa, afinal a contabilidade já adentrou à era digital.

A direção do negócio também deve estar presente, de modo que possa solicitar maiores informações para que um planejamento tributário estratégico seja feito para os anos seguintes.

Algumas reflexões devem ser feitas, como:

  • O que a empresa deseja implementar a curto, médio e+ a longo prazo?
  • Qual é o diagnóstico das principais informações?

Simulação dos diagnósticos

É preciso fazer uma comparação em todas as formas de tributação na qual a empresa poderia se enquadrar. Isso consiste em uma análise dos regimes vigentes em nosso país: Lucro Real,  Lucro Presumido e Simples Nacional.

Nesse contexto é preciso analisar o seguinte:

  • Quais são os benefícios fiscais disponibilizados pela legislação tributária para cada regime? Você está ciente de cada um deles?

Veja com seu contador qual a possibilidade de haver um afastamento da incidência de fatos geradores dos tributos referentes à operação da empresa. Veja também a revisão de procedimentos operacionais e inove nesse sentido.

Verificação dos impactos sobre as operações empresariais

Depois de mapear todas essas possibilidades tributárias, é hora de analisar os impactos que as ações decisórias terão sobre os diversos cenários da organização.

Então, nesse ponto será preciso avaliar o seguinte:

  • Qual o impacto que as operações terão sobre o movimento do faturamento?
  • Os resultados serão conservadores ou elevados?

É vital considerar a totalidade dos tributos que incidem nas operações da empresa. Ao final do processo de verificação desses tributos individualmente, é preciso confrontar a redução da carga tributária imposta para a corporação..

Providências tributárias

Depois de todas as aprovações, é necessário tomar as providências cabíveis para executar as ações pertinentes e assim garantir os benefícios que foram projetados e mapeados com a questão tributária.

Outros pontos associados também entram na questão desse planejamento tributário, tais como:

  • Previsão de faturamento.
  • Previsão de despesas operacionais.
  • Margem de lucro.
  • Valor das despesas com os empregados.

A equipe contábil então, entrará em ação para verificar os regimes tributários disponíveis e o que é possível se fazer para que o empresário consiga justamente diminuir o pagamento desses tributos, afinal, seria excelente poder se dedicar a outros assuntos pertinentes ao crescimento da empresa, como resultado desta significativa redução de custos, não acha?

Para que se encontre bons resultados e isso funcione de maneira adequada e assertiva é preciso agir com a proposta do planejamento tributário, de maneira que a soma de atitudes resultem no sucesso empresarial.

E então, pronto para fazer o planejamento tributário de sua empresa? Nós podemos fazer isso juntamente com você. Que tal criarmos em parceria um conselho fiscal e assim reduzirmos drasticamente esta carga tributária, aumentando consideravelmente a rentabilidade do seu negócio?

Mãos à obra caro empreendedor, nós estamos com você!

Um forte abraço e até a próxima!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Attentive Contabilidade? Somos especialistas no seu negócio e poderemos ajudá-lo. Será um prazer conversar com você!

Siga-nos nas Redes Socias:

Facebook: @attentivecontabilidade

Linkedin: Attentive-Contabilidade/

Instagram: Attentivecontabilidade/

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *