Qual O Processo Contábil Para Abrir Uma Franquia - Contabilidade Em Moema Zona Sul | Attentive Assessoria Contábil

Qual o processo contábil para abrir uma franquia?

O mercado das franquias cresce significativamente no Brasil. São várias empresas que adotam esse modelo de negócio e muitas outras que pretendem adotar.

As franquias oferecem uma série de vantagens tanto para a empresa detentora da marca, que recebe um capital inicial e participações mensais nos resultados das suas lojas franqueadas, como também para a loja franqueada que conta com todo o apoio e estrutura oferecida por marcas e produtos já consolidados no mercado.

Que investir no mercado de franquias é um bom negócio, disso não se tem dúvidas, afinal apenas para que tenhamos uma ideia, somente em 2019, o setor de franquias no Brasil, cresceu 6,9%  com faturamento total anual de R$ 186,7 bilhões. Os dados são da  Associação Brasileira de Franchising – ABF.

Apesar de um 2020 difícil, em razão da pandemia, as expectativas para o segmento de franquias são as melhores para 2021. Nesse sentido, cresce o número de empresários e empreendedores interessados em investir nesse formato de negócio.

Com o crescimento de interessados em investir no mercado de franquias, surge a seguinte dúvida: “Qual o processo contábil para abrir uma franquia?”

Se essa também é a sua dúvida, você chegou ao lugar certo, pois neste conteúdo a Attentive Contabilidade explica em detalhes o processo contábil de abertura para franquias.

 

Compreendendo o processo contábil de abertura de uma franquia na prática

O primeiro ponto que precisamos levar em consideração em relação ao processo contábil de abertura de uma franquia, diz respeito à responsabilidade legal de abertura da empresa.

De acordo com a legislação de franquias em vigor no país, a responsabilidade pela abertura da empresa fica por conta do franqueado e não da empresa franqueadora.

Além disso, também é preciso deixar claro, que a razão social, ou seja, o nome empresarial é do franqueado, enquanto apenas o nome fantasia é cedido pela franqueadora. Não tratando-se também de uma filial, o CNPJ da loja franqueada não possui relação com o CNPJ da empresa franqueadora.

Sendo assim, toda a responsabilidade contábil e jurídica fica por conta do franqueado, que inclusive pode escolher o formato de abertura da sua empresa e o regime tributário ideal para o seu negócio.

Em síntese, podemos dizer que o processo de abertura de uma loja franqueada é o mesmo de outra empresa qualquer, sendo no entanto, cedido pela franqueadora, apenas o nome fantasia da marca e é claro, toda a estrutura por trás dela.

Sendo assim, quem investe em uma franquia conta com:

 

  • Apoio da franqueadora na gestão dos negócios;
  • Treinamento e capacitação;
  • Visibilidade de mercado relacionadas às estratégias de marketing da marca;
  • Dentre outros benefícios importantes.

Saiba mais sobre o processo contábil para abrir uma franquia

A Attentive Contabilidade é a sua assessoria contábil especializada em franquias. 

Com larga experiência no mercado de franchising brasileiro, a Attentive Contabilidade conta com um time de profissionais altamente capacitados para retirar todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Deseja saber mais sobre o processo contábil para abrir uma franquia e retirar outras dúvidas relacionadas ao assunto?

Então não perca mais tempo, entre em contato conosco e converse com um dos nossos especialistas!

 

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *